BREAKING NEWS

[5]

Tentaram arrancar de mim a minha humanidade - 9° Noite Cultural



Tentaram arrancar de mim a minha humanidade 
Tentaram arrancar de mim
A minha humanidade
Me dizendo que essa história
de mulher preta 
Favelada
que denuncia racismo machismo e tantas violências históricas
Não condiz com a realidade

Tentaram arrancar de mim a minha dignidade
Dizendo que o que eu digo e o que eu escrevo
Não merece credibilidade
Ainda tentaram arrancar de mim
A minha ancestralidade
Me dizendo que o que eu vejo
O que eu sinto
e o que eu acredito
É pura insanidade

Mas eu aprendi
com a minha mãe
A não me deixar enganar
Por essa gente que mente
Gente que escreve mentiras e assina embaixo
jurando que é verdade
Gente que não enfrentou o navio
Não aprendeu a nadar
Gente que violentou o mar
Não respeitou o cocar
E ainda tentam me afogar
Mas essa gente não sabe
Nem desconfia
Que eu converso com as águas do mar
Eu converso com as Águas de Oxum e de Yemanjá
Eu converso com os raios de Yansä e de Xangô
Essa gente não sabe 
Pra onde eu vou
Mas eu sei bem
De que lado eu estou
E sei quem está do meu lado
Na hora da tempestade
Por isso eu sempre digo a essa gente
Que tente
Continue tentando
Que eu vou continuar mostrando
Quem é que me rege de verdade

A benção 
minha mãe
A benção
Dona Liberdade

Tentativas Rejane de Sousa
@rejanepoesiadepreta 
#maracatuventosdeouro#noitecultural #poesia #poesiapreta#luta #resistência #mulherpreta

Tentaram arrancar de mim a minha humanidade - 9° Noite Cultural Tentaram arrancar de mim a minha humanidade - 9° Noite Cultural Reviewed by Maracatu ventos de ouro on 00:22 Rating: 5

Nenhum comentário: